in ,

Palocci afirma que Lula recebeu R$ 4 milhões da Odebrecht

Foto: Ricardo Stuckert

Ex-ministro foi interrogado em ação que investiga se empreiteira deu como propina um terreno e um imóvel para o ex-presidente

Os advogados de Antonio Palocci disseram que, em depoimento ao juiz Sérgio Moro nesta quarta-feira (06/09) em Curitiba, o ex-ministro afirmou que o PT tinha uma espécie de “pacto de sangue” com a Odebrecht e que o combinado era o partido receber R$ 300 milhões. Segundo os advogados, Palocci disse ainda que R$ 4 milhões foram dados em dinheiro para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Palocci também afirmou a Moro, segundo os defensores, que Lula sabia da compra de um terreno para o Instituto Lula e de um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo. Além disso, uma das vantagens oferecidas pela Odebrecht para manter o bom relacionamento com o governo da presidente Dilma Rousseff, era a manutenção de uma conta no valor de R$ 300 milhões. Esse dinheiro poderia ser usado tanto para gastos partidários, quanto para assuntos pessoais do grupo envolvido nas negociações. Desse montante, pelo menos R$ 4 milhões teriam sido sacados pelo ex-presidente Lula.

Neste processo, Palocci responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele já foi condenado em outra ação da Lava Jato e está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) na capital paranaense.

O que você achou?

Escrito por BitNews

Quando termina o expediente e tem feriado! 8 Pessoas que nos representam

Geddel Vieira Lima, suposto dono do “bunker de dinheiro”, é preso em Salvador