in

Bermuda não pode! Peça de roupa elimina jogador de campeonato de Xadrez

Anton Kovalyov (à direta) durante partida do Mundial da Geórgia de Xadrez em 2017. Foto: Divulgação/FIDE

Enxadrista foi desclassificado por vestir bermuda

Participante do Campeonato Mundial da modalidade, que aconteceu no último fim de semana em Tbilisi, na Geórgia, Anton Kovalyov é um enxadrista de 25 anos ucraniano, que cresceu na Argentina. O jovem chamou a atenção por suas bermudas, algo proibido pelo “dress code” da competição e acabou eliminado por isso.

Apesar de ter jogado (e vencido) as primeiras partidas nos dias anteriores com o mesmo vestuário, Anton não foi importunado. Porém, pouco antes da partida de sábado, ele foi interpelado por Zurab Azmaiparashvili, presidente da União Europeia de Xadrez, organizadora do torneio.

“Ele foi muito agressivo, gritando comigo e usando a palavra ‘cigano’ para me insultar”, escreveu Kovalyov em seu Facebook, horas depois de decidir abandonar a competição.

Kovalyov também explicou por que viajou sem calças compridas para a campeonato:

“Eu não levei nenhuma calça porque ganhei peso recentemente e todas ficaram muito apertadas. Se a organização do torneio tivesse me avisado antes, eu teria pegado um táxi, ido a shopping e comprado uma calça, sem problemas, mas em vez disso me trataram como lixo. Decidi sair antes de fazer algo estúpido”, explicou.

Zurab Azmaiparashvili se defendeu das acusações:

“Não me interessa como ele jogou os outros Mundiais. Ele não gostou disso e saiu. Eu realmente estava pensando que ele iria ao seu quarto trocar a vestimenta”, disse.

De fato, o regulamento da competição fala sobre as roupas que os participantes devem usar, mas é um tanto vago e não menciona o uso de bermudas diretamente:

“Aqueles com cabelos bagunçados devem ser advertidos, assim como aqueles usando jeans velhos ou rasgados e qualquer outra vestimenta desgastada no geral”.

Brasil é o penúltimo em ranking internacional de investimento em Educação

Computador consegue adivinhar orientação sexual de pessoas através de fotos