in

Black Fraude? Saiba como evitar as armadilhas da Black Friday

© Andres Rodriguez / Dreamstime

Site falso, metade do dobro do preço… confira estes e outros golpes comuns na promoção

Quem está se preparando para fazer compras na Black Friday deve tomar cuidado para não cair em algumas armadilhas comuns nessa data.

1.Não compre sem pensar

Durante a Black Friday surgem muitas ofertas. Lojas lotam nossos e-mails com propagandas e há banners e links em toda a parte. Com isso, é preciso tomar cuidado para não se empolgar e acabar levando algo que você nem está precisando.

2. Saiba com quem você está comprando

Ao comprar em um site que você não conhece, verifique antes o histórico da loja. Vale a pena checar o site “Reclame aqui”, para saber se há muitos consumidores insatisfeitos e como a marca lida com as reclamações. Verifique também os perfis da empresa nas redes sociais.

3. Sites falsos

Nessa época, um dos golpes mais comuns é o envio de e-mails falsos. Os estelionatários enviam alguma promoção para seu e-mail, utilizando o nome de lojas e marcas famosas. Para evitar esta armadilha, desconfie de promoções exageradas, como por exemplo, um produto de R$ 2.000, sair por R$ 500. Alguns criminosos chegam a copiar sites famosos, para enganar o consumidor, por isso, atente também para o endereço que a mensagem direciona você.

4. Pesquise preços antes

Uma tática utilizada por lojas mal-intencionadas é, cerca de um mês a duas semanas antes da Black Friday, dobrar o valor dos produtos. Assim, no dia da promoção, o produto volta a custar o preço de sempre, mas aparece com um desconto de 50%. Dessa forma, o ideal é separar os produtos que você está pensando em comprar com antecedência e ir acompanhando o preço. Há sites de comparação de preços que podem ajudar.

5. Frete mais caro que o produto

A loja promete um descontão, mas o frete é tão caro que o valor final é mesmo preço do produto, sem o desconto, ou até mais. Quem achar que a loja superfaturou o frete, pode reclamar nos órgãos de defesa do consumidor.

6. Produto ficou mais caro, na hora de pagar

Com muitas mudanças nos preços, alguns sites podem sofrer “bugs”. A dica é fotografar ou printar a tela do produto, para exigir o desconto anunciado, caso o valor final fique diferente.

7. O presente de Natal só vai chegar em 2018

Muita gente aproveita a Black Friday para comprar os presentes de Natal. Porém, é preciso prestar a atenção nos prazos de entrega das lojas. Se for 25 dias uteis, você receberá o produto apenas em 2018.

8. Sites que são vitrines para outras lojas

Tem se tornado cada vez mais comum que sites grandes e famosos se tornem vitrine para lojas menos conhecidas. Assim, é possível que um mesmo produto seja encontrado com preços diferentes no mesmo site. É preciso tomar cuidado também com os prazos de entrega, pois eles estarão de acordo com a loja parceira e não necessariamente seguindo o mesmo padrão da loja-vitrine.

Boas compras!

China está criando um sistema que monitora e premia o comportamento de seus cidadãos

Carlinhos Aguiar fala sobre demissão do SBT: “Me senti a mosca do cocô do bandido”