in ,

Motorista e cobrador: prefeitura do Rio de Janeiro proíbe dupla função

Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores impede que motoristas de ônibus acumulem função de cobrador

O prefeito Marcelo Crivella sancionou a lei que proíbe a dupla função de motorista e cobrador. A medida foi publicada no Diário Oficial do município desta segunda (18/12).

O projeto de lei foi aprovado no mês passado na Câmara de Vereadores e impede que motoristas de ônibus acumulem a dupla função. A lei ainda garante o retorno da função de cobrador.

O Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro, a RioÔnibus, considera a decisão um retrocesso, pois mais de 70% das passagens são pagas usando Riocard.

Naldo faz retiro espiritual na mesma igreja onde Guilherme de Pádua virou pastor

Marido confessa que matou grávida um dia antes do parto