in ,

Explosões em centro cultural deixam 40 mortos no Afeganistão

Forças de segurança chegam ao local do ataque contra centro cultural (Foto: Rahmat Gul/ AP)

Atentado ocorreu na capital Cabul e ainda não teve autoria reivindicada por nenhum grupo

Explosões em um centro cultural xiita de Cabul, na capital do Afeganistão, deixaram 40 pessoas mortas e 30 feridas na manhã desta quinta-feira (28/12). A autoria do atentado ainda não foi reivindicada por nenhum grupo terrorista.

“O alvo do ataque era o centro cultural Tabayan. Uma cerimônia acontecia para recordar o 38º aniversário da invasão soviética do Afeganistão no momento da explosão”, afirmou à AFP o porta-voz adjunto do ministério do Interior, Nasrat Rahimi.

Um ataque suicida foi seguido por duas outras explosões no imóvel, que fica em Qala-e-Nazer, oeste da capital afegã.  O centro cultural fica perto da Agência Voz Afegã, um meio de comunicação que segundo as primeiras informações poderia ter sido o alvo do ataque.

O presidente afegão, Ashraf Ghani, afirmou que o ataque foi um “crime contra a humanidade”:

“O terrorista matou nosso povo. Terroristas atacaram nossas mesquitas, nossos lugares santos e agora nosso centro cultural”, desabafou. Para ele, os ataques são contra o islã e “todos os valores humanos”.

Este é o segundo ataque na capital afegã nesta semana. Na segunda-feira (25/12), um homem-bomba matou cerca de cinco civis perto do escritório da principal agência de inteligência de Cabul. O Estado Islâmico assumiu a autoria deste atentado.

O que você achou?

Escrito por BitNews

Em Malhação, após discussão com Mitsuko, Anderson sofre grave acidente de moto

Defesa Civil interdita 20 imóveis nas proximidades de galpão incendiado em São Paulo