in ,

Beija-Flor e Paraíso do Tuiuti – Campeã do Carnaval carioca e vice tiveram enredos com críticas sociais

Desfiles das escolas Beija-Flor e Paraíso do Tuiti/ Reprodução

No Grupo A, a Viradouro foi campeã e retorna ao Grupo Especial em 2019

A Beija-Flor conquistou nesta quarta-feira (14/02) seu 14º título no Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. A campeã somou 269,9 pontos, apenas um décimo à frente de Paraíso do Tuiuti e Salgueiro, que ficaram, respectivamente, com o segundo e o terceiro lugares. Com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu”, a Beija-Flor traçou um paralelo entre o livro Frankenstein, de Mary Shelley, que completa 200 anos em 2018, e as mazelas que aterrorizam a sociedade brasileira.

A vice-campeã foi a Paraíso do Tuiuti, que também investiu na crítica social, com um samba-enredo questionando se a escravidão foi, de fato, abolida, e fazendo críticas à reforma trabalhista e às manifestações pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff

 

 

No sábado (17/02), as seis primeiras colocadas voltam para a Sapucaí para o desfile das campeãs.

Rebaixadas

A Império Serrano e a Grande Rio foram rebaixadas e desfilam na Série A em 2019. A Império Serrano ficou em último lugar, com 265,6 pontos. Em penúltimo, ficou a Grande Rio com 266,8 pontos.

A Grande Rio homenageou Chacrinha com o enredo “Vai para o trono ou não vai?”, mas o desfile teve problemas com um carro quebrado que fez a escola estourar o tempo. Já a Império Serrano levou para a Sapucaí o enredo “O Império do Samba na rota da China”.

Campeã do grupo A

Viradouro foi a campeã da Série A do carnaval do Rio de Janeiro em 2018 e vai disputar o Grupo Especial em 2019. A escola de Niterói voltou a elite com um enredo que homenageou gênios da criação, intitulado “Vira a cabeça, pira o coração – Loucos gênios da criação”, citando personalidades como Einstein, Da Vinci, Galileu, Chaplin, além de outras fictícias como Dom Quixote e Frankstein.

Um mês de chuva em uma hora – Temporal no Rio de Janeiro deixa três mortos e rastro de destruição

Tiroteio deixa 17 mortos em escola nos EUA – Atirador é ex-aluno