in ,

Morre jovem vítima de incêndio dentro de casa – Pai, que era suspeito do crime, também faleceu

Foto: Facebook/Reprodução

Outros familiares se feriram, com menos gravidade

Faleceu nesta quarta-feira (21/02) a universitária Juliana Oliveira, que sofreu queimaduras em um incêndio na residência junto com sua família, em Assaré, no interior do Ceará. Ela estava internada há 11 dias no Hospital Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza, e havia sofrido queimaduras em 85% do corpo.

O pai de Juliana, João Batista de Oliveira, era o suspeito de atear fogo na casa junto com a família, em 10 de fevereiro, e morreu na madrugada de segunda-feira (19/02). Ele havia sofrido queimaduras em 95% do corpo.

Juliana Rodrigues tinha 18 anos e era estudante de Economia na Universidade Regional do Cariri (Urca).

Outros familiares se feriram

Outras duas pessoas da família ficaram feridas no incêndio, a mulher e um filho de 11 anos de João Bastista. Eles tiveram ferimentos menos graves, receberam atendimento médico e estão em casa.

As causas do crime ainda não foram esclarecidas. Policiais de Assaré, município onde ocorreu o caso, aguardam a recuperação das sobreviventes para ouvi-las.

De acordo com vizinhos, o homem estava bêbado no momento da tragédia. A esposa teria pedido o divórcio e o agricultor não aceitou.

O que você achou?

Escrito por BitNews

Apresentadora dá à luz ao vivo durante programa de rádio

No BBB 18, Gleici e Wagner vão para debaixo do edredom: “Que calor!”